09 novembro 2007

Tendência Literária


Já vinha pensando nisso desde a feira do livro de Novo Hamburgo, agora ouvi alguma coisa parecida na Ipanema e resolvi postar. Infelizmente, as editoras acabam tendo que lançar como "tendência" um livro pra que ele seja vendido. Foi-se o tempo dos clássicos, foi-se o tempo do ler o que escolher.
 
Dá pra fazer uma lista de uns 10 livros que se achava em qualquer, eu disse QUALQUER banca da Feira de POrto Alegre, imagina então em Novo Hamburgo. Só não tinha alguns deles na banca do LeM Pocket, que já é uma moda por si só. E não precisa pensar muito, qualquer pessoas que vocês ver hoje lendo pela rua, estará lendo um livro como O Segredo, A Menina que Roubava Livros, O Livreiro de Cabul, O Bispo (vocês viram que loucura esse?), algum sobre Maçonaria (que eu ainda não entendi qual é amoda disso...)
 
Isso, sem falar os livros de auto ajuda, que, se antes serviam pra fazer as pessoas mais felizes, hoje quer as fazer ricas. de preferencia no menor tempo e com a menor quantidade de suor possível...
 
Sorte minha. Ainda amo os clássicos, apesar de já ter quase todos em e-book pretendo comprá-los, e só sobram estes nos saldões. A Feira do Livro, acabando tornando, de alguma forma, a leitura um costume mais democrático, desde que se tenha algum conhecimento, desde que se saiba separa o 'joio do trigo' e não compre só o que está 'na moda'. Apesar de eu querer ler os tais livros, porque eu SOU CURIOSA, eu acho a coisa mais estranha alguma coisa dessas.´O capitalismo é algo, realmente, impressionante.
 
 
 
 
 
Bienal-Bienal
Só pra dar o parecer:
 
Fui na Bienal d Santander Cultural.
Aaaaaaagora sim falamos a mesma lingua. Agora vi arte e senti arte. Das coisas mais pensantes às mais engraçadas. Fantáááááástico... Repararam no vídeo que rodava com várias palavras formando ameaças? O TOP, na minha opinião. O livrinho pendurado, a sala esburacada (ou seria emburadaca...), as frases blorghts de jornal, a orquestra tocando pros créditos. Coisa mais tri. 
 
Como eu critico muito melhor que elogio, parei por aqui!
 
 
Abraço, beijo, Gabriela!

Um comentário:

adri disse...

bah gabi, é estranho mesmo isso dos livros, neh? um absurdo, na minha opinião. livros não são mais uma questão de cultura, de ser inteligente/com conteúdo/interessante/uma pessoa melhor, mas cada vez mais uma questão de capitalismo e modinhas..... ://

sabia que uma pesquisa feita na inglaterra mostrou que esses livros "da moda" podem ser os mais vendidos sim, mas em 70%(!!!) dos casos eles só ficam em cima de alguma mesa da casa, sem jamais serem abertos? pois é ¬¬

e o pior é que alguns desses livros modinha são realmente bons, mas por virarem febre, aquela coisa da "unanimidade ser burra", acabam afastando pessoas inteligentes como nós (hohoho)

bjn, gabi! passa no meu blog amanhã à noite que vai ter uma surpresona =)