03 agosto 2006

...Já não passa nada, já nem peço por favor...

Eu tô abrindo a estrada
Que chega aonde eu for
Eu tô na madrugada
Tô na chuva pelo calor
Eu tô na luta armada
E o perigo me cercou
E o acaso me deixou na porta da tua casa
Faz silêncio e faz de conta que já me esperava
Que eu tava pra chegar
Pra ficar e pra sumir sem dar explicação
Pra me livrar da prisão

(Nei Lisboa)

EU continuo sendo totalmente contra colocar música no blog ao invés de postar...
Mas tudo bem, porque eu VOU postar.

Sobre o assunto aquele, ainda, eu só posso dizer que entendo a Gabi porque já passei por isso. MAs nunca sai agredindo ninguém e falando que quem faz isso ou aquilo, faz porque não sabe o que quer da vida.

Bom, o sonho da minha vida nunca foi ser professora, e hoje, até envolve isso. Mas não ser essas professoras, ou pelo menos AQUELAS professoras. Queria fazer que nem o Maicon, que nunca para... Que estuda, estuda, estuda e faz estágio e que nunca descansa (só quando eu obrigo ele.)

Gosto tanto de conversar com ele sobre os planos malucos que eu tenho, porque ele, sim, me dá apoio, mesmo pras coisas mais piradas. E mais do que dizer "Isso aí!", ele sempre vê por onde a gente pode começar e o que, ou quem pode me ajudar a fazer as coisas! Amoo isso nele (além das milhões de outras coisas!
Ele não faz eu me sentir um E.T. completo!
Isso que a gente chama de companheiro!

Ontem ele foi dormir lá em casa (porque sábado ele vai ficar em Porto) e não deu pra fazer muita coisa (já que eu chego as 11 em casa!) Mas a gente conversou bastante, sobre as coisas de sempre.

É assustador sentir que de fato, estamos virando adultos, mas e é muito bom ter alguém pra crescer junto, aprender como as coisas funcionam (cada um do seu jeito) e tentar entender como as coisas vão funcionar daqui pra frente...

Os meusplanos são muitos e nem cabe colocar aqui no blog...
(não hoje, não agora... de repente um dia eu abra o jogos - os jogos)

Apesar de todas as crises que tive - e da que é provável que vou ter - to aprendendo a enxergam as coisas em meio a névoa. E to conseguindo sem feliz e dar risada no meio desse monte de merda, que eu achei ser a minha vida.

Mas eu mereço muito.
E farei por merecer ainda mais.

Um comentário:

adri disse...

eh isso que eu faço pra conseguir ser cada dia mais feliz (pq jah tive momentos bemmm ruins na minha vida, aprendi a dar valor a minha felicidade abestada): sorrir, ter momentos bons e me divertir, mesmo em meios às nevoas... pq sempre vao existir algumas nevoas na nossa vida, e se aprendermos a viver APESAR disto, e viver bem, nao tem nada que poderah nos parar.

tenho certeza que tu ainda vais conseguir tudo o que quer, tudo o que sonhas (os sonhos malucos sao os melhores, pq nao sao todos que os têm, nem muitos menos que os poem em pratica).

vais acabar sendo diretora do Louvre, ou pelo menos bem perto disto, tenho certeza. pq nos merecemos (e SOMOS) muito mais do que nos tornarmos professoras jecas.... huahuahuah

bjnnn menina, e escreva, sempre, nem que seja no teu diario carne e osso.... ;) pq isso ajuda, ajuda a desvendar muitas coisas na nossa cabeça........