14 novembro 2006

-.- Zzzzz...

To aqui, morrendo de sono e de tédio.
Sem falar do desânimo e da vontade de sair correndo daqui.
Mas, pelo menos, amanhã é feriado.

No domingo fiz o meu currículo. Não que eu esteja confiante nele, mas há sempre uma esperança de que as coisas vão melhorar. Vou fazer umas 5000 cópias, pra, de repente mandar pra, além dos lugares "financeiramente viáveis" pra trabaçar, eu também posso deixar nos lugares onde eu "gostaria de trabalhar", que, aliás, são muito mais difíceis de se conseguir uma vaguinha "quisá" ganhar, quem dirá, bem! uhauhahuauh

Trabalhar com arte/educação/história não deve ser muito mole. Principalmente quando a gente quer fazer a coisa direio, como eu quero. Não sei se vou conseguir mais do que algum estágio voluntário, mas mesmo assim, to animada, claro, estarei mais depois do meu 13º e de ter quitado algumas continhas que tem deixado meu olho esquerdo com a veiazinha pulando.

As vezes me sinto reeeealmente muuuito mal com toda essa coisa de "ter-que-ganhar-dinheiro-pra-pagar-minhas-contas-que-nem-sequer-são-para-o-meu-prazer", mas ok, vamos lá, né?! E quem é que disse que dinheiro é pra gerar prazer??? :o/

As vezes fico naquelas, pensando que só vou conseguir ter um empreguinho mais ou menos quando tiver terminado a facul ou pelo menos quando tiver no 3º semestre... Dai dá um apeeerto... Mas fazer o que? Quem manou escolher a "bonita" profissão do papai?!

Pelas minhas contas, eu vou conseguir arrumar emprego de verdade mesmo só lá por março, enquanto der, eu vou aguentando sentar nesta "cadeirinha de gerente" que tem me deixado com dores em todas as partes do corpo, e com doenzinhas que "eu nem sei como chegaram ali".
Afinal, nunca vi ninguém morrer de depressão ou dor de cabeça.

Mas que dói, dói mesmo!

Como diz a minha mãe (e como eu tnho comprovado até aqui), as coisas sempre acabam dando cero no tempo certo. MAs dá uma angústia até que elas aconteçam que tá louco! Ainda mais pra mim, qiue sinto mas angustia que sede, durante o dia.

Mas hoje tem aula de psicologia, e dai todos os meus problemas irão se resolver!!
:/

Ai, estou, então..
Se alguém estiver interessado em uma aux. administrativa/professora de história...

e olha que eu tô aceitando até que paguem mal!!
uhauhahuahuauauuauhahahu






"-Edward, eu queria tanto ir pra Londres...
-Queria? Dizem que os brasileiros não são muito bem tratados lá.
-Por mm... Ser mal tratado em inglês britânico deve dar até um friozinho na barriga..."

Seria cômico, não fosse trágico, e caro!!!
Dinheiro, dinheiro, dinheiro!


Sistema de trocas era bem mais simples!

Procure ler sobre a forma de economia dos países da américa latina na "nossa pré-história". Eu devo ter vivido lá no machu-pichu pra ter tanto ódio de dinheiro!!


Ok, chega de trama... Melhor trabalha... ou não... ainda vou pensar mais um pouco...

Um comentário:

adri disse...

ser maltratada em ingles britanico deve ser bem emocionante mesmo.. nem ia me importar!!

eh, tbm me estresso com o fato de precisarmos tanto de dinheiro pra tdo, mas fze o que, neh? tva olhando um carro forte esses dias, e me deu uma tentaçao...

bjnnn